Série EM/COMO: Em Palmas, como os palmenses

Eu tinha tido o prazer de fazer uma reportagem com o indígena Ismael Xerente (leia aqui). Foi tão bacana que, quando terminamos a sessão de fotos na Praia do Prata, passamos no Parque Cesamar, a caminho de casa, para continuar o papo. Foi ali que eu tive a chance de comer um beiju, que é como os indígenas chamam o que convencionamos chamar de tapioca.

DSC_0003-2_3

Então foi assim: o blogueiro descendente de índios mineiros comendo uma comida de origem indígena ao lado de um indígena. Que honra, que experiência! Para acompanhar, um suco de cupuaçu.

20160610_195458

Pedi o beiju de carne de sol com queijo coalho e estava uma delícia. O Parque Cesamar é uma área de lazer muito agradável em Palmas. Como já era noite, as fotos não ficaram tão boas. Mas deu pra perceber que o lugar é muito frequentado pela população e é uma ótima opção para a prática de esportes.

20160610_203606

Confira todos os links da série EM/COMO aqui.

Próxima parada: Revezamento: Pit Stop no Rio e comboio em Boa Vista (dias 44 a 50)

Parada anterior: Revezamento da tocha em Palmas, onde vi o comboio (dias 40 a 43)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s