Série EM/COMO: Em Curitiba, como os curitibanos

Eu só queria ver Maria Betania. Não, não a irmã de Caetano Veloso, e sim a amiguirmã de minha amiga Renata que, consequentemente, é minha amiga também. Na base do Vamos? Vamos! (adoro gente animada), marcamos um encontro em plena segundona à noite. Deixei a cargo da nativa a indicação do local, e ela escolheu acertadamente o Bar do Alemão, ou Schwarzwald, uma verdadeira instituição curitibana.

Pedimos um combinadão de alemãzices, com salsichas brancas e vermelhas, e um litro de mostarda por cima. Para acompanhar, claro, chopp da casa. Mas não era um chopp qualquer. Era o Submarino, que vem com aquela canequinha lotada de Steinhäger dentro do canecona. Paulada!

Entre um submarino e outro, vamos nos afogamos em risadas e conversa boa jogada fora. E, pra minha alegria, fiquei as canequinhas de recordação. Foram roubadas honestamente, como sugere o próprio Bar de Alemão. Detalhe: cada uma vem com o nome de uma cidade germânica. E, se vier repetido, pode trocar.

20160712_010843~2

Assim como pode tirar foto com urso, ou naqueles painéis onde a gente só coloca a cabeça, enfim… todas aquelas coisas que pessoas com chopps e Steinhäger na cabeça fazem na maior alegria! Maria Betania, adorei nossa noite! E sempre me lembrarei de você quando olhar para as minhas canequinhas fofas, dae!

Confira todos os links da série EM/COMO aqui.

Próxima parada – Revezamento da tocha: São Paulo (dias 79 a 85)

Parada anterior – Revezamento da tocha: Do Paraná a São Paulo (dias 73 a 78)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s